BRAZIL NIL NEWS

Ícone

News from Brazil

MEC entrega a alunos livro que narra estupro

O Mec  enviou a escolas públicas do país um livro que narra o sequestro de um casal, o estupro da mulher e o assassinato do rapaz.

Onze mil exemplares da obra foram destinados para serem usados como material de apoio a alunos do ensino médio, com idade a partir de 15 anos.

O livro, “Teresa, que Esperava as Uvas“, integra o programa do governo federal que equipa bibliotecas dos colégios públicos.
As cenas de violência estão presentes no conto “Os Primeiros que Chegaram”, que narra, do ponto de vista da criminosa, um sequestro cometido por um casal.

As vítimas são torturadas. Há frases como “arriou as calças dela, levantou a blusa e comeu ela duas vezes” e “[Zonha, o criminoso] deu um tiro no olho dele. […] Ele ficou lá meio pendurado, com um furo na cabeça.”
Educadores consultados pela reportagem divergiram sobre a escolha. Para a psicopedagoga Maria Irene Maluf, “o conto é inapropriado, pela grande carga de violência e erotização. Retrata uma situação diferente aos valores que queremos e precisamos passar aos nossos jovens”.
Já Juvenal Zanchetta Jr., professor do departamento de Educação da Unesp-Assis, discorda. “É um texto pesado. Mas o jovem vê todo dia coisas parecidas na mídia. O caso Bruno [ex-goleiro do Flamengo] é um exemplo.”
Para Zanchetta, o conto pode ser uma boa oportunidade de a escola abordar a violência. “Mas, para isso, precisamos de docentes bem preparados, o que é difícil.”
A autora da obra e a editora defendem a escolha, por possibilitar que o jovem reflita sobre a violência cotidiana.
A escolha das obras é feita por comissões de professores de universidades públicas.
“O livro passou por uma avaliação baseada em critérios, concorreu com muitas outras obras e foi selecionado”, afirmou a escritora do conto, Monique Revillion.
“Como e quando ele será utilizado independe de minha vontade e sim das pessoas e escolas que, eventualmente, o elegerem como recurso pedagógico”, disse.

OUTROS CASOS
A escolha de livros para escolas públicas já foi alvo de outras polêmicas. Em 2009, a Secretaria da Educação de São Paulo recolheu obras que seriam usadas como material extraclasse para alunos de nove anos. As obras tinham palavrões.
Neste mês, o governo de São Paulo foi criticado novamente, por distribuir livro com texto do escritor Ignácio de Loyola Brandão que narra uma cena de sexo.

Fonte:FÁBIO TAKAHASHI/FSP

Publicado agosto 12, 2010 – am:59 am Categorias: Educaçao, Governo | Comentários (1)“Tagged”, , | Editar

Pink Floyd ganha versão para criticar o Irã

O baixista e compositor Roger Waters, ex-Pink Floyd, afirmou que ficou orgulhoso da versão que o grupo canadense The Blurred Vision fez do seu clássico “Another brick in the wall, part 2″, em que adaptam a letra para criticar a política iraniana.

Vejam o maravilhoso clip:

“Eu acho que é ótimo que esses rapazes estejam usando a música para protestar contra o regime repressivo e brutal no Irã”, escreveu o músico em sua página na rede social Facebook. “Garotos sul-africanos fizeram o mesmo durante o apartheid e garotos palestino fazem o mesmo para protestar contra a ocupação israelense de seu território. Estou muito orgulhoso de ser uma pequena parte dessa resistência.”

A banda Blurred Vision, baseada em Toronto, é liderada por dois irmãos iranianos exilados. Segundo o site Bilboard.com, a letra da famosa música do Pink Floyd foi modificada na tentativa de expressar o sentimento dos jovens que vivem sob o governo do Irã, onde é ilegal tocar rock. Um dos versos mais conhecidos foi modificado para “Hey, Ayatollah, deixe as crianças em paz!”.

Ainda de acordo com o site, os irmãos iranianos, Sepp, de 28 anos, e Sohl, de 35 anos, esperam que a música ajude a mostrar solidariedade pelos iranianos que lutam por liberdade. Os irmãos não tornaram seus sobrenomes públicos com medo de represálias a seus parentes que ainda vivem no Irã

Publicado agosto 12, 2010 – am:45 am Categorias: Internacional, Musica, You Tube, rock | Comentários (1)“Tagged”, , | Editar

Jonas Brothers: ingressos a partir de 23 de agosto

Os ingressos para os shows do grupo de pop adolescente Jonas Brothers começam a ser vendidos no dia 23 de agosto. A banda toca no dia 6 de novembro no estádio do Canindé em São Paulo, no dia 7 na Pista Atlética do Maracanã no Rio de Janeiro e terminam a viagem no dia 9 de novembro com um show no Gigantinho em Porto Alegre.

Para o show de São Paulo, os ingressos vão de R$165 a R$ 805, no Rio custam entre R$ R$ 225 e R$ 805 e em Porto Alegre vão de R$ 195 a R$ 365. Estudantes e idosos têm direito à meia-entrada em qualquer um dos shows.

A pré-venda das entradas para o Team Jonas Club começa na sexta-feira (13), e para os clientes Credicard, Citibank e Diners acontece entre os dias 16 e 22 de agosto. O público em geral poderá adquirir os ingressos a partir do dia 23 de agosto. As entradas podem ser compradas pelo site www.ticketsforfun.com.br e pelo telefone 4003-0848

Em Porto Alegre
Quando: 9 de novembro, às 19h
Onde: Ginásio do Gigantinho – Av. Beira-Rio, s/n
Quanto: entre R$ 195 e R$ 365, com direito à meia-entrada

Responsável por iPhone 4 demitido da Apple

Mark Papermaster (foto), executivo da Apple responsável pelo desenvolvimento do iPhone, deixou a empresa de Steve Jobs. Uma fonte ligada à empresa disse ao The New York Times que o executivo foi demitido após uma série de erros em produtos.

Lançado em junho deste ano, o iPhone 4 apresentava um problema na recepção de sinal quando segurado de uma certa forma, o que resultou em uma crise na empresa.

+ Leia mais: Apple nomeia novo diretor após crise do iPhone 4

Com a reputação da empresa ameaçada, a Apple concedeu uma rara entrevista à imprensa para esclarecer o assunto. O presidente da companhia, Steve Jobs, afirmou que não havia nada de errado com o aparelho.

Bob Mansfield, vice-presidente para desenvolvimento do Macintosh, deve substituir Mark Papermaster. Mansfield já participou do desenvolvimento de várias tecnologias usadas no iPhone.

A Apple confirmou a saída do executivo ao jornal, mas não informou se ele foi demitido ou se saiu espontaneamente.

Papermaster começou a trabalhar na Apple em novembro de 2008, após ter trabalhado por 25 anos na IBM.

Publicado agosto 12, 2010 – am:16 am Categorias: Negocios, Tecnologia, Telefonia | Enviar comentário“Tagged”, , | Editar

Correntistas não sabem que podem ter conta sem pagar tarifa

Desde abril de 2008, os brasileiros podem manter uma conta corrente sem pagar taxas mensais ao banco, por meio da utilização dos chamados ‘serviços essenciais’. No entanto, segundo estudo do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) 80% dos consumidores não sabem dessa possibilidade.

Para detectar o motivo da falta de conhecimento dos clientes, o Idec avaliou como os dez maiores bancos do País – Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa, HSBC, Itaú, Nossa Caixa, Real Santander e Unibanco – têm tratado e transmitido as normas de 2008 aos clientes.

O conjunto de serviços essenciais gratuitos inclui cartão de débito, dez folhas de cheque por mês, compensação de cheques, quatro saques ao mês, dois extratos no caixa eletrônico, duas transferências entre contas do mesmo banco por mês, consultas ilimitadas pela internet e extrato consolidado discriminado, mês a mês, uma vez ao ano.

Hoje, 80% dos 112 milhões de correntistas ativos no Brasil são usuários de pacotes pagos, segundo o executivo da Febraban O porcentual é o mesmo constatado no estudo do Idec como de consumidores que desconhecem a possibilidade de usar apenas serviços essenciais.

Acesso

O estudo da entidade também avaliou se o banco facilita o acesso à tabela de tarifas, o que garante ao consumidor a informação sobre quanto vai pagar por movimentação bancária. Na Caixa, HSBC e Unibanco, essa tabela não se encontra na página inicial do site.

A representante do Idec diz que é direito do consumidor e dever do banco disponibilizar a tabela na página inicial da internet, bem como fixá-la nas agências.

A maioria dos correntistas poderia ter apenas os serviços essenciais, sobretudo pela possibilidade de utilizar o cartão de débito para pagamento, o que diminui a necessidade de saques, além das consultas de saldo e movimentações pela internet.

Roberta Scrivano, O Estado de S. Paulo

Publicado agosto 12, 2010 – am:11 am Categorias: Banco, Cidade, Consumo, Economia | Enviar comentário“Tagged”, | Editar

FIFA discute nova tecnologia no futebol

Joseph Blatter confirma que a FIFA quer debater a introdução de tecnologias que permitam validar ou não golos numa reunião em outubro.

FIFA vai discutir tecnologia no futebol em outubro

A introdução de tecnologias no futebol, à semelhança do que acontece noutras modalidades, tem sido discutida há muito tempo, mas sempre sem efeitos práticos.

O responsável máximo pela FIFA admite que “se tivermos um sistema simples e preciso, este será aplicado. O problema é que ainda não encontrámos um sistema destes”. O tema será abordado na próxima reunião do International Football Association Board, organismo responsável que define as regras do desporto.

A discussão aumentou de tom depois do último Mundial, quando, entre outros lances, a Inglaterra viu ser invalidado um lance em que a bola claramente ultrapassa a linha do gol.

Entre as tecnologias disponíveis, há o sistema Hawk Eye, mostrado em Inglaterra, que recorre a câmaras sobre a baliza e a chips na bola, para determinar a validade dos lances.

Publicado agosto 12, 2010 – am:55 am Categorias: Copa 2014, Copa do Mundo, Futebol | Enviar comentário“Tagged”, | Editar

Candidato ao Senado briga com jornalista no ar

O candidato ao Senado João Correia (PMDB-AC) brigou com o jornalista Demóstenes Nascimento, na última terça-feira (10) em pleno ar, após uma entrevista coletiva na TV 5, filiada da Band no Acre. Correia trocou socos e pontapés com Nascimento depois de discordar do objetivo das perguntas feitas a ele.

O incidente aconteceu depois que a emissora decidiu interromper a exibição da entrevista, que era ao vivo, alegando que o candidato havia “baixado o nível” ao começar um bate-boca enquanto ainda era sabatinado.

Correia é um dos ex-deputados envolvidos na CPI dos Sanguessugas, quadrilha que desviava dinheiro destinado a compra de ambulâncias. A coletiva feita pela TV 5 faz parte de uma série de entrevistas em acordo com as coligações partidárias do estado. Segundo o peemedebista, as questões direcionadas a ele tinham como objetivo desmoralizá-lo.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Acre (Sinjac) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) repudiaram a atitude do ex-deputado. Em nota, o Sinjac declarou que “é lamentável que profissionais de comunicação ainda sejam submetidos a episódios truculentos como esses, no livre exercício da profissão.”

Os protagonistas da agressão registraram boletim de ocorrência no 8º Distrito Policial de Rio Branco, capital do estado, e foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) para realizar exame de corpo de delito.

A direção da filiada da Band afirmou que tomará medidas para que o incidente não fique impune. Até o momento, o candidato ao senado não se manifestou sobre o ocorrido.

Portal Imprensa

Publicado agosto 11, 2010 – pm:51 pm Categorias: Eleiçoes, Imprensa | Comentários (1)“Tagged”, | Editar

Venezuela quer proibir banqueiros de serem donos de Radios e Tvs

A Assembleia Nacional da Venezuela avaliará uma reforma da lei do sistema bancário, proposta pelo Executivo, que proíbe donos e diretores de meios de comunicação de ter participação acionária em instituições financeiras do país.

A reforma busca “inabilitar diretores e donos de instituições financeiras a serem ao mesmo tempo acionistas de meios de comunicação”, explicou nesta quarta-feira (11) o vice-presidente Elias Jaua, depois de uma reunião com parlamentares, onde apresentou a proposta.

A iniciativa “é destinada a desmantelar essa perversa relação meios de comunicação-setor financeiro”, declarou Jaua.

O governo refere-se ao caso do Banco Federal, que será liquidado depois de ter sido fechado em junho passado pelas autoridades.

O presidente da instituição, Nelson Mezerhane, é também um dos principais acionistas do canal Globovisión, o mais crítico ao governo venezuelano de Hugo Chávez. Sobre Mezerhane, foragido da Justiça, pesa uma ordem de prisão por fraude.

Segundo Jaua, os diretores do Banco Federal enviavam mensagens através da Globovisión para “enganar os correntistas”, induzindo-os a depositar seu dinheiro nessa instituição.

“Queremos evitar que os correntistas, que são quase 7 milhões de venezuelanos, sejam novas vítimas de uma relação como a do Banco Federal e a Globovisión”, afirmou o vice-presidente.

A presidente da Assembleia Nacional, Cilia Flores, anunciou, por sua vez, que o projeto de reforma será “aprovado com urgência parlamentar em primeira discussão” na sessão desta quinta-feira (12), para posteriormente ser reenviado à Comissão de Finanças, que o analisará para submetê-lo a uma segunda leitura.

A Assembleia, unicameral, é dominada pelo chavismo e existe apenas um pequeno grupo de opositores.

O Banco Federal foi fechado em 14 de junho passado pelo governo, que afirmou que essa instituição privada de tamanho médio atravessava uma séria crise econômica, agravada pela falta de liquidez.

Publicado agosto 11, 2010 – pm:27 pm Categorias: America Latina, Banco, Imprensa, Internacional, Mercosul | Comentários (1)“Tagged”, | Editar

Colírio da Capricho nega tentativa de suicídio

Felipe Nardoni, 17 anos, que aparece no topo do Trending Topics (assuntos mais comentados do mundo) do Twitter desta quarta-feira, não tentou se matar, como foi divulgado pela rede social. O ator, cantor e colírio da Capricho, que estava na casa de um amigo em Ribeirão Pires e já foi personagem de uma reportagem do D+, esclareceu a polêmica: “Eu jamais pensaria em tentar cometer suicídio. Foi um tremendo mal entendido.”

O garoto explica que vem sofrendo cyberbullying (agressões e xingamentos pela internet) e estava tão preocupado com isso que ficou sem comer por dois dias. “O que aconteceu foi que estava muito fraco e com dor de cabeça. Fui tomar remédio e desmaiei.” Quando Felipe voltou a si, levantou -se e ligou para a tia ir buscá-lo. “Nem fui ao hospital. Só que ela entendeu que estava mal e ligou para o meu amigo, que publicou a informação no Twitter.”

Quando Felipe conectou-se novamente à internet, viu que todos estavam falando sobre o assunto e tratou logo de desmentir a informação. “Agradeço o apoio que as pessoas que gostam de mim estão me dando. O problema é que as piadinhas e agressões aumentaram depois disso. Bullying não é brincadeira, mas vou tentar levar a minha vida normal, só quero paz.”

O garoto já havia demonstrado ser bastante sensível durante a entrevista para participar do concurso Colírios Capricho. “Uso este sobrenome por homenagem a um amigo meu que fazia teatro comigo, que tinha Nardoni no nome, mas se acidentou e faleceu há 6 anos. Resolvi então colocar o sobrenome junto a mim e levar o sonho dele comigo”, revelou o cantor e ator, de 17 anos.

Vítima de bullying, pois tem recebido diversas ofensas pelo twitter, de um usuário identificado como @FuckNardoni.

Virgula

Publicado agosto 11, 2010 – pm:28 pm Categorias: Concurso, Consumo, Imprensa, Moda, Musica | Comentários (1)“Tagged”, | Editar

Doentes terminais podem ter planos de saúde suspensos

A Associação Brasileira de Medicina de Grupo é a favor da suspensão do tratamento para doentes terminais como forma de diminuir os reajustes nos valores dos planos de saúde, que atualmente estão acima da inflação.

O representante dos planos diz que a discussão precisa ser ampla e não teme ideias polêmicas para a redução de custos, como a cobrança de franquias, usadas em seguro de carros, e a suspensão de tratamento para doentes terminais ou sem chance de cura, a chamada ortotanásia.

Veja o Jornal da Globo

“Nós temos que fazer uma racionalização dos custos da na área de saúde. A ortotanasia é possível, quer dizer, você não aplicar métodos que não melhorem, que não deem qualidade de vida. Enfim, é uma discussão filosófica e econômica associada”, diz o presidente da Associação Brasileira de Medicina de Grupo, Arlindo de Almeida.

Órgãos de defesa do consumidor fizeram simulações e constataram que no futuro pode ficar impossível pagar os planos de saúde caso os preços continuem subindo como nos últimos dez anos.

Um consumidor de 30 anos que ganha R$3.000 paga hoje R$ 180,74 por um plano, e compromete 6% da renda. Se a inflação e os reajustes atuais forem mantidos, em 30 anos ele gastaria quase R$ 6.100 com o plano e comprometeria 54% da renda.

“Os planos de saúde estão subindo muito acima da inflação. Será impossível o consumidor manter o seu nível de vida e pagar o plano”, diz a advogada do Idec, Daniela Trettel.

Procon e Idec participam das discussões que a Agência Nacional de Saúde (ANS) está fazendo para mudar os cálculos de reajuste, mas temem o futuro. “É um consenso que o método de reajuste tem que mudar, mas ainda falta muita transparência na forma como mudanças vêm sendo conduzidas”, afirma o diretor do Procon/SP, Roberto Pfeiffer.

A aposentada Iracema Ortega já vinha precisando da ajuda dos filhos para pagar o plano de saúde, mas ao fazer 71 anos a conta saltou de R$ 1.022 para R$ 1.430. “Quando eu vi não acreditei. Foram R$ 400 a mais”.

O valor do plano só caiu para R$ 871 por força de uma liminar conseguida na Justiça. “A Justiça entende que pelo Estatuto do Idoso, as empresas não podem aumentar o preço do plano, pela faixa etária, depois dos 60 anos”, afirma o advogado Julius César Conforti.

Resumindo: querem matar pacientes terminais mais cedo, para que deixem de custar aos planos, e estes possam diminuir seus reajustes. Isso é Brasil…

Publicado agosto 11, 2010 – am:43 am Categorias: Sem-categoria | Comentários (1) “Tagged”, , |

Anúncios

Arquivado em:Allgemeines

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: