BRAZIL NIL NEWS

Ícone

News from Brazil

Ninguém dá lance para comprar os 3.500 ‘bois piratas’


O leilão de 3.500 cabeças de gado da raça nelore, realizado ontem pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), terminou sem que interessados apresentassem uma única oferta. Segundo o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, “o problema não foi a falta de comprador, mas o preço”.

Os animais foram apreendidos na região de Terra do Meio, no Pará, e fazem parte da Operação Boi Pirata, que começou no início de junho. O preço de abertura de todos os lotes somados foi de R$ 3,9 milhões, valor que teria inibido potenciais compradores.

Minc, que participou da 60ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, em Campinas, espera que, no segundo ou terceiro leilão, o rebanho dos “bois piratas” dê resultado. O próximo leilão do gado apreendido acontece na segunda-feira.

Arquivado em:Agronegócios, Boi no Pasto, Boi Pirata, Desmatamento, Ecologia

%d blogueiros gostam disto: